Rádio Conexão Itajubá









EMPREENDA COM SUCESSO!






Anuncie no Conexão Itajubá!





Andamento das reformas do governo fica comprometido com agravamento da crise institucional

19/05/2017

Por causa da crise institucional enfrentada pelo governo Federal, o senado resolveu suspender a tramitação da reforma trabalhista. Para o relator da proposta nas Comissões de Assuntos Sociais e Assuntos Econômicos, senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), o momento não é adequado para discutir o assunto.

Em nota oficial, o parlamentar afirmou que é preciso priorizar a solução da crise para, só depois, seguir com o debate sobre as mudanças nas leis trabalhistas.

Em relação à reforma da Previdência, o destino da tramitação da matéria ainda é incerto. Em nota, o relator Arthur Maia (PPS-BA), disse que não há como avançar com a reforma com atuais circunstâncias.

O deputado afirmou, ainda, que desde que surgiram as denúncias contra o presidente da República, Michel Temer, o cenário ficou crítico e com forte ameaça da perda do que já foi conquistado em relação ao avanço da aprovação da proposta no Congresso Nacional.

Presidente da comissão que discute o tema, o deputado Federal, Carlos Marun (PMDB-MS), lamenta o agravamento da crise no momento em que, para ele, o Brasil seria beneficiado com a aprovação das reformas.

O texto da reforma Trabalhista já foi aprovado pela Câmara dos Deputados e aguarda análise no Senado. Já o relatório da reforma da Previdência aguarda para ser votado no Plenário da Câmara. Para seguir para a apreciação dos senadores, a matéria reforma da Previdência precisa ser aprovada por pelo menos 308 deputados.

Fonte: ARB


Voltar



Anuncie   •   Assine o newsletter   •   Contribua com conteúdo   •   Fale conosco

© 2010 CONEXÃO ITAJUBÁ - Site desenvolvido por B2ML Sistemas utilizando o sistema de gerenciamento de conteúdos b2mlportal.