Rádio Panorama








EMPREENDA COM SUCESSO!









Gerenciando minha empresa - Passo 2: Capital de Giro (conceito)

26/04/2019

Por Prof. Dr. André Luiz Medeiros, Prof. Dr. Moisés Diniz Vassallo, Prof. Dr. Victor Eduardo de Mello Valerio

Olá pessoal! Nesse Painel de Educação Financeira, vamos voltar ao assunto que iniciamos no mês passado, que trata sobre a boa administração de pequenas e médias empresas. Especificamente neste post, vamos tratar sobre o conceito de um termo muito comum para os empresários, o CAPITAL DE GIRO. Mas afinal, o que é o capital de giro?

O capital de giro é um dos INVESTIMENTOS que são feitos em uma empresa. Quando se fala em investimento em empresas, os empresários pensam logo na compra de imóveis, máquinas, equipamentos, automóveis e outros. Os investimentos em bens imóveis e móveis estão relacionados à estratégia do negócio e são necessários para suportar a produção e comercialização dos produtos ou serviços entregues pela empresa. Portanto, os empresários não estão errados.

           Por outro lado, estes não são os únicos investimentos necessários às empresas. O que boa parte dos empresários se esquecem é que o Capital de Giro também é um importante investimento que deve ser feito na empresa. Mas por que muitos empresários se esquecem desse investimento se ele é tão importante?

           Em geral, o empresário somente sentirá falta do capital de giro quando a empresa começar a produzir e comercializar os produtos e ou os serviços prestados. Isso acontece porque o capital de giro é usado como uma reserva financeira que supre as necessidades financeiras ao longo do tempo. Ele é necessário porque boa parte do dinheiro está na forma de outros produtos (como o estoque que ainda será comercializado) ou de contas a receber (em função das vendas a prazo).

           Assim, se fôssemos comparar uma empresa com uma pessoa física, poderíamos afirmar que o investimento em capital de giro de uma empresa, se equivale à poupança que uma pessoa faz. Nos dois casos (tanto o capital de giro quanto a poupança), eles garantem a saúde financeira de seus detentores. Se o capital de giro é importante para garantir a saúde financeira de uma empresa, como faço para controlar?

           Para responder a essa pergunta, precisamos voltar ao nosso primeiro Painel de Educação Financeira da série GERENCIANDO MINHA EMPRESA. Naquele painel, apresentamos e disponibilizamos uma planilha para que os empresários separassem as contas da pessoa física das contas da pessoa jurídica (acesse a planilha: https://1drv.ms/f/s!At0yTgXpzJkLwRpbwByZSRGVGBSN). Além disso, ao usar a planilha o empresário conseguirá controlar todas as receitas e os gastos realizados. Esse controle é a base para o gerenciamento do capital de giro que é a diferença entre os recursos disponíveis em caixa e a soma das despesas e contas a pagar.

           De modo bem simplista, o valor de capital de giro necessário para o funcionamento de um negócio por um certo período pode ser obtido da seguinte forma: 

PASSO 1 è some: a) todas as contas a receber; com b) o valor que você possui em estoque

PASSO 2 è some: a) todas as contas a pagar; com b) o valor a pagar com fornecedores e impostos

PASSO 3 è diminua o resultado encontrado no PASSO 1 do resultado do PASSO 2

           Dessa forma, será possível calcular o valor do capital de giro, que é: 

CAPITAL DE GIRO = PASSO 1 – PASSO 2                                          

           Como se pode observar, gerenciar ou controlar o capital de giro da empresa resulta em avaliar as faltas e as sobras de recursos financeiros e os reflexos gerados por decisões tomadas em relação a compras, vendas e à administração do caixa.

           Encerramos este painel reafirmando a necessidade de registrar as informações financeiras da sua empresa. Estes dados serão fundamentais para que você tome decisões acertadas com base em indicadores que iremos apresentar para vocês nos próximos painéis de Educação Financeira. No nosso próximo Painel da série GERENCIANDO MINHA EMPRESA vamos falar das formas de financiamento do Capital de Giro. 

Nos encontramos novamente em breve!

Educação Financeira

Coluna do Prof. Dr. André Luiz Medeiros juntamente com Prof. Dr. Moisés Diniz Vassallo e Prof. Victor Valério.

Todos do Grupo DENARIUS – Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento em Educação Financeira

Instituto de Engenharia de Produção e Gestão (IEPG)

Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI).

A coluna tem o objetivo de tratar de tema altamente relevante que orienta às pessoas  no controle de seus gastos ao mesmo tempo que ensina a administrar seu orçamento doméstico.


Voltar



Anuncie   •   Assine o newsletter   •   Contribua com conteúdo   •   Fale conosco

© 2010 CONEXÃO ITAJUBÁ - Site desenvolvido por B2ML Sistemas utilizando o sistema de gerenciamento de conteúdos b2mlportal.