Rádio Conexão Itajubá








EMPREENDA COM SUCESSO!









Coceira na pele

11/05/2018

Por Dra. Gracieli Perches

A pele é uma barreira de proteção que impede as agressões externas aos nossos órgãos internos. Para desempenhar essa função tão importante de forma adequada, ela precisa estar saudável e íntegra.

Quando a pele coça, ela está sinalizando que algo está errado. Pode estar ocorrendo um desequilíbrio do nosso próprio organismo, ou seja, por uma causa interna, ou pode ter origem em causas externas.

Junto com a coceira podem aparecer lesões visíveis ou a pele apenas coça sem que nada se visualize.

Quando não há lesões na pele, apenas coceira, a causa mais comum é a desidratação da pele, que ocorre principalmente em idosos, pessoas com hábitos de banhos demorados, quentes e com muito sabonete. Porém, causas sistêmicas também podem desencadear a coceira da pele, porque diminuem o limiar de coceira, e então, um estimulo fraco pode desencadear uma resposta de coceira exacerbada. Isso pode ocorrer quando há doenças do fígado, insuficiência renal, hipertireoidismo, hipotireoidismo, deficiência de ferro, anemia, diabetes, e até mesmo, síndrome carcinoide, síndrome da imunodeficiência adquirida (aids), leucemias, farmacodermias, entre outras causas. Por isso a coceira que não melhora com uma boa hidratação da pele, merece atenção e precisa ser investigada pelo dermatologista.

Quando a pele coça e há o surgimento de vergões elevados que mudam de lugar, o diagnóstico provável é Urticária, que pode ter diversas causas. As mais comuns são alimentos ou medicamentos. Mas existem muitas outras causas mais complexas como alérgenos ambientais (plantas, material de construção, perfumes, produtos de beleza, etc) e também causas internas como infecção nos rins, hepatites, vermes nas fezes, problemas na tireoide.

Lesões avermelhadas, que persistem por vários dias, com formas, número e tamanhos diversos podendo escamar, e que são acompanhadas de coceira podem ser causadas por fungos (micoses), vírus, parasitas, medicamentos, por produtos químicos (dermatite de contato por irritante), por doenças da própria pele, como Dermatite Seborreica, Psoríase, Disidrose, Dermatite Atópica, Linfoma cutâneo, etc

Se o que está coçando é uma mancha ou caroço único, a causa pode ser desde picada de insetos, se for recente, até lesões pré-cancerígenas ou de câncer de pele bem como doenças mais raras.

Como podemos ver, a coceira pode acontecer por um problema simples ou pode esconder um problema sério que ser agravado se não for diagnosticado e tratado adequadamente a tempo. Por isso sempre que possível, antes de medicar-se ou aceitar tratamentos de quem é leigo e acha que já teve doença parecida, procure o especialista (ou seu médico de confiança que o encaminhara ao especialista), pois lesões que muitas vezes parecem banais podem esconder grandes problemas que ficarão difíceis de serem diagnosticados depois do uso de medicamentos errados, que além de “mascararem” a doença verdadeira podem inclusive agravá-la.

Lembre-se que as pomadinhas não são inocentes. São medicamentos e têm efeitos colaterais se usadas de forma inadequada ou para a doença errada.

Cuidar da pele é muito mais que uma necessidade estética, é uma questão de Saúde!

Por Dra. Gracieli Perches, dermatologista da Clínica Hokage, CRM 63955.

www.gracieliperches.com

https://www.facebook.com/Dra-Gracieli-Perches-388374861343074/


Voltar



Anuncie   •   Assine o newsletter   •   Contribua com conteúdo   •   Fale conosco

© 2010 CONEXÃO ITAJUBÁ - Site desenvolvido por B2ML Sistemas utilizando o sistema de gerenciamento de conteúdos b2mlportal.